Kundalini | O despertar da energia cósmica

A Kundalini que significa cobra enrolada é no hinduísmo uma forma de energia feminina divina (ou shakti) que se acredita estar localizada na base da coluna em uma dilatação triangular. O movimento ascendente da Kundalini através dos diferentes chakras leva a diferentes níveis de despertar que produzem uma transformação extremamente profunda da consciência.

Quando a Kundalini flue da base da coluna vertebral até o cérebro, o corpo converte-se em um íman e um campo eletromagnético toroidal é criado. Esse campo de energia está acoplado aos campos energéticos de informação, incluindo o da fonte da energia universal. Essa fonte é conhecida como o vácuo quântico que é um campo universal de informação ou consciência que forma a matriz de toda manifestação. O vácuo quântico não está vazio, mas é um oceano vasto de energias escalares que subjaz toda a realidade física. As ondas escalares são um componente importante no processo do despertar da Kundalini, pois são um transportador chave de propagação da energia por todo o corpo.

Dessa forma, a energia da Kundalini é a luz que surge da integração da nossa energia individual com a energia universal. Essa luz coerente é semelhante a um laser e pode estar armazenada em nosso DNA desde o nascimento. Essa luz é forte e focada o suficiente para mudar a própria estrutura do nosso DNA, o que efetivamente muda o curso da nossa evolução individual e coletiva.

Leitura:

-Rishi Singh Gherwal (1930). Kundalini: the mother of the universe. The mystery of piercing the six chakras. Global Grey.

-Meyl, K. (2001). Scalar Waves: theory and experiments 1.

-Bruce Lipton (2007). A biologia da crença. Butterfly.

-Fritz-Albert Popp (2003). Integrative Biophysics: Biophotonic. Springer.

-Kumar, K. (2007). Awakening of Kundalini through Yoga. School of Yoga and Health.

-Dongart, K. (2016). Kundalini: the hindu tenets of the serpentine energy in theory and practice. University of Copenhagen.

-Lim, J. (2017). Kundalini from the Edge of Science. In Dasho Karma Ura, Dorji Penjore & Chhimi Dem (Eds), Mandala of 21st Century Perspectives: Proceedings of the International Conference on Tradition and Innovation in Vajrayana Buddhism, 136-137.

-Joe Dispenza (2017). Becoming Supernatural. Hay House Inc.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden /  Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden /  Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden /  Ändern )

Verbinde mit %s